Conheça os principais tratamentos dermatológicos da Clínica Prime Care.

Tratamentos em dermatologia facial e corporal!

Áreas de Atuação

As estrias surgem quando ocorre um estiramento excessivo que provoca o rompimento das fibras elásticas da pele.

Frequentemente se desenvolvem no período de crescimento ou durante a gestação, ou ainda após o uso prolongado de algumas medicações.  Inicialmente podem ter aspecto avermelhado ou violáceo e evoluem para marcas atróficas da cor da pele.

Os tratamentos envolvem uso de cremes específicos associados a procedimentos no consultório como laser e peelings, sendo o melhor tratamento indicado de acordo com as características das estrias e da pele de cada paciente.

As cicatrizes hipertróficas e quelóides são resultado de um processo regenerativo exagerado, que provoca uma cicatriz imperfeita. Além do prejuízo estético, podem trazer prejuízos funcionais e sensações desconfortáveis como dor e coceira. O tratamento pode ser feito com diversas técnicas sozinhas ou combinadas, dependendo do tamanho e da localização da lesão.

As olheiras são uma das queixas mais comuns no consultório e são influenciadas por diversos fatores, desde genéticos até os hábitos pessoais. Quando presentes, conferem um ar de cansaço ao olhar, podendo ser amenizado com tratamentos adequados para a região.

A celulite ou lipodistrofia ginóide é uma alteração degenerativa praticamente exclusiva das mulheres e provoca irregularidades na superfície cutânea dos membros inferiores. Sua causa é multifatorial, dependendo de fatores como alimentação, atividade física, tabagismo, uso de hormônios, além de fatores genéticos.

O tratamento engloba cuidados com a alimentação, prática de exercícios para estímulo da circulação, alem de procedimentos como radiofreqüência, ultra-som cavitacional, subscisão, preenchimento e drenagens linfáticas.

Melasma é uma doença crônica causada por desordem na pigmentação da pele levando às terríveis manchas na face.

As manchas acometem principalmente a região das bochechas, a região acima dos lábios, o queixo e a fronte e podem apresentar coloração que varia do marrom claro ao cinza.

O melasma piora com a exposição solar e pode exacerbar na gravidez e com o uso de anticoncepcionais orais.

O tratamento consiste no uso de fotoproteção solar de amplo espectro, uso de clareadores tópicos, peelings e, em alguns casos, lasers.

As lesões escuras na pele podem surgir secundariamente à exposição solar sem proteção, queimaturas ou irritações na pele e em distúrbios de pigmentação como o melasma. Em alguns casos, devem ser avaliadas para excluir transformação maligna, o que determina câncer de pele.

Alem da fotoproteção, diversos tratamentos estão disponíveis para clarear as manchas e melhorar a textura da pele. Entre eles encontram-se os cremes clareadores, peelings, alem de lasers e luz pulsada de alta energia, podendo ser combinados para alcançar os melhores resultados.

Com o processo natural de envelhecimento ocorre uma redistribuição da gordura facial, com acentuação dos sulcos e flacidez da pele. Os preenchimentos com ácido hialurônico conseguem restaurar o volume perdido, amenizando os sulcos devolvendo o aspecto jovial da face sem perder a naturalidade. Também podem ser associados com toxina botulínica e lasers para melhora da qualidade global da pele.

Podem ser utilizados para tratamento dos sulcos entre o nariz e a boca e entre a boca (“bigode chinês”), entre o queixo (rugas de marionete”), das rugas ao redor da boca, para aumento dos lábios, entre outras indicações.

As marcas de expressão formam-se em decorrência do movimento repetitivo dos músculos faciais.  Com o tempo, vão se formando sulcos permanentes na pele, que podem transmitir uma expressão de cansaço ou preocupação. Quando bem conduzido, o tratamento adequado consegue amenizar as marcas sem interferir com a expressão facial.

Entre os tratamentos indicados estão o uso de cremes, hidratações profundas, lasers e toxina botulínica, a depender das características da pele a ser tratada.

A acne é uma das doenças mais comuns na população e que pode ocorrer desde a adolescência até a idade adulta.

A acne da adolescência ou acne vulgar é causada por fatores genéticos e ambientais, existindo ainda outras situações que podem contribuir para o surgimento das indesejadas espinhas tais como uso de produtos oleosos, algumas medicações tópicas e sistêmicas, assim como algumas alterações hormonais como na síndrome dos ovários policísticos.

Apesar de tratável, ainda é causa frequente de cicatrizes inestéticas que trazem prejuízo à auto-estima dos pacientes.

O tratamento da acne e suas cicatrizes pode ser feito com uso de peelings, lasers, limpeza de pele e/ou medicações via oral, sempre acompanhados de medicações tópicas para obter os melhores resultados.

A pele oleosa exige atenção redobrada na escolha dos produtos para higiene, hidratação e proteção para evitar o aspecto brilhante da pele. O uso de produtos com propriedades seborreguladoras normalizam a produção de óleo na pele, ao mesmo tempo em que ajudam a minimizar os poros dilatados.

Podem ser associados tratamentos com peelings suaves que melhoram também a textura da pele.

As verrugas são lesões geralmente ásperas e endurecidas na pele, causadas por vírus da família do papilomavirus humano (HPV). Podem surgir em qualquer local do corpo, sendo os mais comuns as mãos e os pés (sendo nestes conhecidos como “olho de peixe”). Por serem de origem viral e potencialmente contagiosas, recomenta-se tratamento, em especial naquelas em que há múltiplas lesões ou quando a lesão torna-se dolorosa.

Nao devem ser confundidas com outras lesões também popularmente conhecidas como verrugas porém estas não contagiosas, como acrocordons e nevos (“pintas”).

A hiperidrose é uma condição que pode causar intenso desconforto ao paciente, gerando uma constante preocupação com odor e/ou marcas nas roupas causadas pelo excesso de suor.

Pode ser condição limitante, sendo comum entre os pacientes evitar  roupas coloridas ou determinados tipos de sapato, ou até cumprimentos como aperto de mão.

Desde que realizado por profissionais capacitados, o tratamento da hiperidrose tem excelentes resultados, trazendo ao paciente mais conforto e qualidade de vida.

A rosácea é uma doença inflamatória crônica da pele que provoca vermelhidão e sensibilidade da pele. Em alguns casos pode apresentar vasinhos dilatados e pequenas lesões amareladas semelhantes a espinhas e no rosto. Afeta principalmente pessoas de pele clara, acima dos 30 anos, sendo mais freqüente no sexo feminino. A pele com rosácea costuma ser muito sensível a alterações climáticas, exposição solar, alguns alimentos como café e pimenta e também produtos tópicos, incluindo alguns cremes antienvelhecimento. Assim, o paciente com rosácea deve ter sempre acompanhamento do dermatologista para indicar os produtos adequados para proteção e tratamento da pele sensível, que podem ser associados a lasers para melhor resposta.

A caspa ou dermatite seborreica é uma doença inflamatória que acomete principalmente o couro cabeludo e que cursa com vermelhidão, irritação e descamação. A caspa pode ser recorrente em algumas pessoas e levar a um prejuízo das funções diárias.

O uso de medicações e dermocosméticos  específicos para caspa são necessários para o controle eficaz da doença.

A queda de cabelos é uma queixa frequente em consultórios dermatológicos e que geralmente leva à ansiedade e baixa auto-estima.

Numa certa quantidade, os cabelos caem normalmente, mas são logo substituídos por outros.

Por outro lado, a queda excessiva pode ser resultado de doenças sistêmicas ou de doenças do couro cabeludo ou ainda devido a agressões externas.

O exame clínico dermatológico e a tricoscopia são essenciais no diagnóstico da causa da queda capilar. Em alguns casos, exames de sangue e biópsia do couro cabeludo podem ser necessários para o diagnóstico.

O tratamento depende da causa da queda dos cabelos e inclui cremes, pomadas, soluções tópicas, soluções injetáveis e medicações orais.

 

Pelos encravados e excesso de pelos em locais indesejados comprometem o visual e trazem transtornos tanto pela estética quanto pelo desconforto causado pela inflamação do folículo. O crescimento excessivo de pelos pode ter diversas causas, desde predisposição racial e uso de certos medicamentos até distúrbios hormonais e, quando presente, a causa deve ser tratada para obter um melhor resultado.

Atualmente dispomos de diversas tecnologias, sendo que hoje o laser tornou-se uma escolha fácil, rápida e acessível para reduzir ou eliminar definitivamente os pelos indesejados. Desde que bem indicados, podem ser utilizados com segurança em todos os tipos de pele, incluindo a pele morena e negra. Os resultados são vistos a partir da primeira sessão, sendo o resultado final atingido após uma media de 5 sessões.

Em breve informações

A dermatoscopia é um exame não invasivo que avalia lesões de pele, diferenciando pintas benignas das lesões de risco, assim como outros tipos de lesões. Para chegar ao diagnóstico dessas lesões, é usado o dermatoscopio, aparelho que permite ampliar a imagem da pele, proporcionando uma visão em profundidade, facilitando a análise e documentação das manchas e ou pintas, especialmente quando existe a necessidade de acompanhar a evolução do quadro clínico.

Procedimentos

O Peeling é uma técnica que tem como base a  renovação celular e a produção de colágeno. É muito utilizado para tratar sinais de envelhecimento causados pelo sol como manchas escuras, sardas, rugas finas e   pele áspera. Outra finalidade é o tratamento de estrias e cicatrizes de acne.

O peeling químico consiste na aplicação de soluções contendo ácidos, cada um com uma ação diferente, podendo ser combinados entre si de acordo com o objetivo que se deseja alcançar.

Podem ser aplicados em praticamente todos os tipos de pele, desde que haja uma avaliação prévia para selecionar o produto adequado para cada paciente.

Na dermatologia, é muito utilizada no tratamento das rugas faciais, flacidez na face e pescoço, sorriso gengival, além de condições como bruxismo e hiperidrose, com resultados excelentes.

É um tratamento muito eficaz e, quando corretamente aplicado, apresenta  baixíssimo índice de efeitos colaterais. Com as modernas técnicas de aplicação consegue-se obter resultados extremamente naturais sem o aspecto “congelado” da expressão. Os efeitos começam a aparecer depois de 3 a 4 dias e permanecem por até 6 meses.

Pacientes jovens também podem se beneficiar do uso da toxina botulínica com caráter preventivo,  retardando o surgimento das primeiras rugas.

Procedimento cirúrgico no qual através de uma agulha apropriada faz-se uma ruptura das traves de fibrose produzindo hematoma no local, podendo associar a esse tratamento  o preenchimento das áreas atróficas com ácido hialurônico.

Agende uma consulta com um de nossos especialistas!

O melhor atendimento nas áreas da angiologia e cirurgia vascular, cardiologia, cirurgia plástica, dermatologia, endocrinologia, geriatria, ginecologia,infectologista, mastologia, medicina esportiva | ortopedia, medicina nuclear, ultrassonografia | diagnostico por imagem e urologia.