top of page
  • Foto do escritorPrime Care

Torção de Tornozelo: Entendendo o Tempo de Recuperação

A torção de tornozelo é uma das lesões mais comuns que afetam pessoas de todas as idades e estilos de vida. Se você sofreu uma torção de tornozelo, é natural que esteja ansioso para saber quanto tempo levará para se recuperar completamente e voltar às suas atividades normais. Neste artigo, vamos explorar em detalhes as diferentes fases da recuperação de uma torção de tornozelo, o que esperar em cada etapa e como você pode otimizar seu processo de cura.




Compreendendo a Lesão

Antes de mergulharmos nas fases da recuperação, é importante entender o que exatamente acontece quando você torce o tornozelo. Uma torção de tornozelo ocorre quando os ligamentos que suportam o tornozelo se esticam além de seus limites normais ou se rompem. Isso geralmente acontece quando o pé é torcido para dentro ou para fora de forma abrupta e inesperada.


Existem três graus de torção de tornozelo:


● Grau 1: Estiramento leve dos ligamentos sem danos significativos.

● Grau 2: Estiramento mais severo e possível ruptura parcial dos ligamentos.

● Grau 3: Ruptura completa dos ligamentos e possível dano aos músculos e tendões ao redor.

O tempo de recuperação dependerá do grau da lesão, bem como de como você cuida do seu tornozelo após a lesão.


Fase Inicial da Recuperação (0-12 semanas)

Primeiras 72 Horas

Nas primeiras 72 horas após a lesão, é crucial seguir o protocolo R.I.C.E (Repouso, Gelo, Compressão e Elevação). Isso ajudará a minimizar o inchaço, a dor e a acelerar o processo de cura.


● Repouso: Evite colocar peso no tornozelo lesionado.

● Gelo: Aplique gelo no tornozelo por 20 minutos a cada duas horas.

● Compressão: Use uma bandagem de compressão para ajudar a controlar o inchaço.

● Elevação: Mantenha o tornozelo elevado acima do nível do coração sempre que possível.

Semanas 1-6

Após as primeiras 72 horas, você pode começar a introduzir movimentos suaves para prevenir a rigidez do tornozelo. Exercícios de amplitude de movimento, como girar o tornozelo em círculos, podem ser úteis. Se o seu médico recomendar, você também pode começar a fazer fisioterapia durante esse período.


É importante continuar a proteger o tornozelo, e o uso de uma tala ou bota ortopédica pode ser necessário para fornecer suporte adicional.


Semanas 6-12

Durante esse período, você continuará a trabalhar na recuperação da amplitude de movimento e começará a fortalecer os músculos ao redor do tornozelo. Exercícios de fortalecimento, como flexões plantares e dorsiflexões, podem ser introduzidos gradualmente.





Fase de Reabilitação e Fortalecimento

Fortalecimento Muscular

Agora que você recuperou alguma amplitude de movimento, é hora de começar a fortalecer os músculos ao redor do tornozelo. Isso é crucial para prevenir futuras lesões e garantir a estabilidade do tornozelo.


Exercícios como levantamentos de panturrilha, exercícios com banda de resistência e exercícios de equilíbrio podem ser introduzidos gradualmente. É importante começar devagar e aumentar a intensidade e a duração dos exercícios à medida que sua força e resistência melhoram.


Trabalhando na Propriocepção

O treinamento de propriocepção é um aspecto crucial da reabilitação de uma torção de tornozelo. Isso envolve melhorar a capacidade do seu corpo de perceber a posição do seu tornozelo no espaço, o que é vital para prevenir futuras lesões.


Exercícios como ficar em uma perna só, usar uma almofada de equilíbrio e fazer exercícios de olhos fechados podem ajudar a melhorar sua propriocepção.


Fase de Retorno às Atividades

Dependendo do progresso da sua reabilitação, você pode começar a retomar algumas atividades físicas mais intensas a partir do terceiro mês. No entanto, é crucial fazer isso gradualmente e sob a orientação de um profissional de saúde.


Retornando aos Esportes

Se você é um atleta ou alguém que participa regularmente de atividades físicas, pode estar ansioso para voltar ao seu esporte de escolha. Durante essa fase, você trabalhará em exercícios específicos para o seu esporte e começará a introduzir atividades que imitam os movimentos do seu esporte.


É importante ouvir o seu corpo e não apressar esse processo. O retorno prematuro às atividades pode aumentar o risco de relesão.


Conclusão

Recuperar-se de uma torção de tornozelo é um processo que requer tempo, paciência e dedicação. Seguir as orientações médicas, participar de fisioterapia e fazer exercícios de fortalecimento e propriocepção são etapas cruciais para garantir uma recuperação completa.


Lembre-se, cada pessoa é única, e o tempo de recuperação pode variar. Se você tem dúvidas específicas sobre sua situação, não hesite em procurar a orientação de um profissional de saúde.

39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page