O QUE É O ECODOPPLERCARDIOGRAMA E QUAL SUA IMPORTÂNCIA PARA O DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS?

“Ecodopplercardiograma” nada mais é do que o nome dado ao exame de Ecocardiografia (ou “Ecocardiograma”) associado ao Doppler. É um procedimento adotado em situações em que se faz necessária uma avalição do tamanho do coração, além da velocidade com a qual o sangue está sendo bombeado por este órgão.


Por meio deste exame, é possível saber as medidas e a mobilidade das paredes de diferentes cavidades do coração com precisão. Analisa-se, ainda, o fluxo sanguíneo, sua capacidade funcional e a direção seguida junto às válvulas cardíacas.

O chamado “Efeito Doppler” foi estudado pelo físico austríaco Johann Christian Andreas Doppler em meados do século XIX. Trata-se da característica observada em ondas acústicas quando refletidas ou emitidas por determinado objeto que se encontra em movimento em relação ao observador. A incorporação do Doppler fez com que a Ecocardiografia se tornasse um dos principais métodos diagnósticos da medicina atual.


De que maneira o Ecodopplercardiograma acontece na prática?

Este é um exame baseado no uso do ultrassom, isto é, são empregadas ondas acústicas com frequência superior a 20 mil Hz (ciclos por segundo), normalmente em torno de dois a quatro Mega-hertz. O procedimento é totalmente seguro, aplicado por uma equipe médica devidamente capacitada, e não apresenta nenhum efeito nocivo ou colateral. Podem ser utilizadas três modalidades: Doppler Contínuo, Doppler Pulsado e Doppler Colorido.

A Ecogardiografia apresenta imagens estáticas e em movimento da musculatura cardíaca e das válvulas do coração. O mapeamento por intermédio dos fluxos em cores da técnica Doppler é capaz de identificar a velocidade e a direção da corrente sanguínea no interior das cavidades do órgão.


A quem o exame é indicado?

Frequentemente, o exame é aplicado na avaliação de pacientes com sopro no coração, falta de ar, dores torácicas, síncopes, sintomas de palpitação ou portadores de doenças do músculo cardíaco, como infarto do miocárdio. É imprescindível para atletas que estão em busca de uma avaliação e, com isso, liberação para atividades competitivas.

O Ecodopplercardiograma facilita a pesquisa acerca da presença de trombos, além de viabilizar a análise de doenças cardíacas anatômicas, como, por exemplo, a endocardiose de mitral e a cardiomiopatia dilatada. Este não é um “exame de luxo”, mas, sim, um importante meio de diagnóstico.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo